10 Maiores erros de Português que os Brasileiros mais cometem

10 Maiores erros de Português que os Brasileiros mais cometem

Hoje vamos conversar sobre algo que, admita, todos nós já passamos: os famosos deslizes na língua portuguesa. Sim, até os mais atentos às regras gramaticais já escorregaram aqui e ali.

Por isso, neste artigo, apresentamos um guia prático com os 10 maiores erros de português que os brasileiros ainda cometem. Se você quer dar um up no seu português, a dica é: continue lendo!

1. “Mas” e “Mais”

Ah, esses dois! “Mas” é uma conjunção adversativa, usada para indicar oposição ou restrição, enquanto “mais” é um advérbio de intensidade. Lembre-se: “Quero mais bolo, mas não posso comer.”

2. “A gente” e “Agente”

Confundir essas duas é super comum. “A gente” é uma forma popular de dizer “nós”, e “agente” se refere a alguém que age, como um agente secreto. Dica: “A gente gosta de futebol, e o agente da FIFA também.”

3. Uso Incorreto de “Há” e “A”

Erro clássico! Use “há” para indicar tempo passado e “a” para tempo futuro. Por exemplo: “Há anos não vejo meu amigo; planejo visitá-lo daqui a uma semana.”

4. “Para mim fazer” ou “Para eu fazer”?

Aqui, o correto é “para eu fazer”. Lembre-se: antes de verbo, use “eu” ou “tu”. “Para eu fazer essa receita, preciso de sua ajuda.”

5. “Mau” e “Mal”

“Mau” é o oposto de bom, e “mal” é o oposto de bem. Exemplo: “Ele é um mau jogador porque sempre joga mal.”

Leia:  6 Dicas para manter o banheiro cheiroso, limpo e impecável

6. Uso do “Porque”

São quatro formas: “porque” (causa), “por que” (pergunta), “porquê” (substantivo) e “por quê” (pergunta no final da frase). Exemplo: “Não sei por que ele saiu, porque ele não deu nenhum porquê.”

7. “Meio” ou “Meia”?

“Meio” é advérbio e não varia, enquanto “meia” é numeral. Exemplo: “Ela está meio cansada, mas só descansará daqui a meia hora.”

8. “Onde” e “Aonde”

Use “onde” para lugar em que algo ou alguém está e “aonde” para indicar movimento a um lugar. Exemplo: “Onde você está? Aonde você vai depois?”

9. “Através” e “Por meio”

“Através” é usado para coisas que atravessam, enquanto “por meio” é para indicar o meio pelo qual algo é realizado. Exemplo: “Vi através da janela, por meio dela, a chuva caindo.”

10. “Demais” e “De mais”

“Demais” é um advérbio de intensidade, significando excesso, e “de mais” é uma expressão que indica quantidade. Exemplo: “Ele trabalha demais, não precisa fazer horas de mais.”

E aí, se identificou com alguns desses erros? Não se preocupe, o importante é estar sempre disposto a aprender e melhorar. Lembre-se: a língua portuguesa é rica e cheia de nuances, e dominá-la é um desafio constante, mas incrivelmente gratificante.

Continue praticando, lendo e, claro, se divertindo com as palavras. Afinal, falar e escrever bem abre portas e expande horizontes. E agora, qual será seu próximo passo para aprimorar seu português?